8 Dicas Para Se Destacar Em Uma Dinâmica De Grupo

Participar de uma seleção de emprego, significa superar várias etapas de autoconhecimento e comunicação. Algumas seleções contam com diversas fases, como inscrição online, testes, vídeo de apresentação e etc. Hoje vamos conversar sobre uma dessas etapas: a dinâmica de grupo! Esse é o momento que o recrutador vai entender qual seu perfil dentro de um trabalho em grupo, como você reage às situações, como se posiciona, escuta e leva suas ideias de forma eficaz. 

 

Separamos 8 dicas incríveis para te ajudar a se destacar em uma dinâmica de grupo.

 

Como comentamos no parágrafo anterior, essa pode ser uma fase muito desafiadora, pois além de precisar impressionar o recrutador, você deve lidar com o trabalho em equipe, se esforçando para se destacar entre os outros participantes, mas de uma forma natural, sem parecer rude ou individualista. 

 

Falando assim, realmente parece muito complexo, mas com as dicas que separamos neste post, você estará preparado para assumir um posicionamento confiante durante a dinâmica de grupo, mostrando seu potencial da forma correta.

 

8 dicas para passar em uma dinâmica de grupo

 

 

1. Valorize seu tempo de fala

Em dinâmicas, nem sempre você tem a oportunidade de falar muito, então cada espaço de fala deve ser aproveitado da forma correta. Quando puder responder algo, faça valer a pena, realçando suas realizações e conquistas específicas, mas não se apegue muito aos números, pense em como contar sua história de forma que seja interessante de ouvir. O bom storytelling pode te salvar! 

 

Nada impede que faça perguntas aos recrutadores, pois isso pode demonstrar que você tem interesse na empresa e na vaga, só tenha atenção para fazer perguntas pertinentes.

 

 

2. Educação em primeiro lugar 

Deveria ter um tópico reforçando que é importante ser educado com todos, pensando que isso é conceito básico da vida? Não, mas se tratando de entrevistas, o nervosismo pode atrapalhar até a nossa forma de agir, então concentre-se em ser educado e amigável com todos, inclusive os outros candidatos. 

 

Lembre-se que não só as habilidades técnicas são avaliadas nessas fases, mas  a capacidade de se comportar sob pressão, trabalhar com outras pessoas e demonstrar confiança, também são observadas pelos recrutadores.

 

 

3. Tenha segurança 

Demonstrar que está confortável, mesmo em uma situação de desconforto, pode ser um ponto ao seu favor. Então, por mais que você não tenha exatamente todas as respostas, ao responder algo, demonstre confiança falando com tranquilidade e clareza.

 

Como não ficar nervoso e conseguir demonstrar segurança? Se prepare! Quanto mais preparado você estiver, menos nervoso vai sentir. Estude sobre a empresa, os serviços que oferece, a cultura, os desafios que enfrenta, treine sua apresentação pessoal, principais perguntas e respostas de uma entrevista e tenha tudo isso mapeado em sua cabeça, pois quanto menos for pego de surpresa, mais confiante se demonstrará. 

 

 

4. Mostre sua capacidade de trabalho em equipe 

A dinâmica de grupo é uma oportunidade para mostrar seu papel dentro de um time. Não tenha medo de liderar situações e propor metodologias para resolver problemas. Se perceber que mais alguém tem o perfil de líder, adote o papel de conciliador e busque o meio termo entre as ideias apresentadas. 

 

Dessa forma, características como flexibilidade e comunicação são vistas em você e isso pode ajudar a se destacar.

 

 

5. Faça a lição de casa

Estude profundamente a empresa e se possível, tente pensar em soluções diferentes para problemas reais que eles enfrentam na sua área. Dessa forma, você demonstra mais uma vez sua proatividade e interesse pela empresa.

 

 

6. Conte sobre seus projetos paralelos

Se você participa de um projeto legal em uma ONG ou tem um blog de filmes que assiste, conte um pouco sobre seu processo, isso pode mostrar habilidades que talvez não apareceriam na dinâmica de grupo.

 

 

7. Não se atrase!

Se programe antes, pesquise o endereço e descubra quanto tempo pode demorar até o local para sair com bastante antecedência e ser um dos primeiros a chegar, caso seja presencial, se for online, teste sua internet e seus equipamentos para não ter problemas na hora da vídeo chamada. 

 

Se quer estar preparado para participar de entrevistas individuais online, clique aqui.

 

Por último, mas não menos importante:

 

8. Seja você mesmo!

Não tente parecer uma pessoa que você não é, pois a atuação não será convincente por muito tempo, colocando em risco sua oportunidade de emprego. 

 

Mas é sempre bom ressaltar que ser você mesmo, não quero dizer exaltar todos os seus defeitos em um momento como esse. Claro que ninguém espera contratar um profissional perfeito, mas lembre-se que tudo tem a forma certa para apresentar, inclusive as características negativas, então tenha atenção em como se descreve, fale de modo objetivo  e claro, comentando as ações que tem para tentar melhorar. 

 

DICA BÔNUS: Aproveite e aprenda.

Sabemos que existe todo o nervosismo e ansiedade de participar de um processo seletivo, mas não deixe que esses sentimentos te tirem a oportunidade de aprender coisas novas, fazer um bom networking e evoluir profissionalmente. 

 

Se essa vaga não for sua, mesmo você entregando o melhor que pode, não era pra ser, e tudo bem, mas não é por isso que ela deixa de ser válida na sua vida. Pode ser que você aprenda um tema que será conversa de uma vaga melhor no futuro, que faça um contato que te indique algo ou que te desperte a atenção de estudar mais sobre algum assunto, tudo é válido e sua função é fazer o seu melhor, esperando colher os bons resultados depois.

 

Se quiser encontrar uma vaga que combine com você, faça seu cadastro na Edujob e participe de processos seletivos 🙂

Read More

5 Dicas para realizar uma ótima entrevista online

O setor de RH já passava por uma transformação mesmo antes da Covid-19, mas é inegável que a pandemia acelerou essa revolução digital, transformando procedimentos do dia para a noite. Uma das mudanças mais significativas no setor de recursos humanos foi com os processos seletivos, onde o recrutamento migrou para o digital, com todas as fases feitas online, inclusive a entrevista online, que é o nosso tema de hoje. 

 

Não só no cenário de isolamento social, mas por demonstrar mais flexibilidade, economia de tempo e praticidade, ficou clara a importância em saber como conduzir uma boa entrevista online. A tendência é que essa forma continue, mesmo após a normalização da convivência social pós pandemia. 

 

Pensando nisso, desenvolvemos esse conteúdo contando quais são os benefícios dessa forma de entrevista e como conduzir da melhor maneira para a assertividade da empresa e experiência dos candidatos.

 

O que é uma entrevista online?

Sua principal diferença entre uma entrevista presencial é o deslocamento e espaço físico, pois nessa modalidade, o candidato não precisa comparecer à empresa, podendo participar de sua casa. O que viabiliza esse feito é a ajuda da internet e ferramentas digitais, como  programas de vídeo-chamada e webcam.

Esse é o momento que o recrutador conhece um pouco mais sobre o candidato, descobrindo suas expectativas em relação à empresa e função, além da trajetória profissional, planos para o futuro, ideias para colaborar com a equipe, etc. O recurso do vídeo ajuda a avaliar a postura, empolgação e entender algumas características de personalidade do candidato.

 

Sabendo como funciona, agora é importante listarmos quais seus principais benefícios e praticidades: 

 

  • economiza tempo da equipe de RH;
  • mais segurança para candidato e recrutador;
  • possibilidade de gravação da entrevista para revisão posterior;
  • extinção do limite territorial;
  • mais rapidez em marcar com o candidato;
  • demonstra que a empresa busca se manter atualizada com o cenário tecnológico.

 

Como fazer uma ótima entrevista online?

 

Saber como conduzir uma entrevista online garante que esses benefícios que citamos sejam úteis e que o resultado seja tão positivo ou melhor que o esperado. Por isso, leia atentamente as 5 dicas que separamos para te ajudar a conduzir de forma assertiva uma entrevista remota:

 

1. Combine os detalhes por e-mail com antecedência.

Assim como acontece nas entrevistas presenciais, na forma remota, também é importante marcar e definir tudo com certa antecedência para que o candidato tenha tempo para se preparar, adequar a rotina, separar equipamento e etc.

Normalmente o primeiro contato é feito via telefone ou e-mail. Nesse momento, combine com o candidato o envio de um email com os detalhes sobre o encontro, com data, hora, link e informe qual a plataforma escolhida (como Skype, Zoom ou Google Meet), para que o candidato crie sua conta e teste anteriormente. Se for uma entrevista gravada, é importante avisar com antecedência.

Outro ponto que demonstra uma cultura de inclusão e evita que bons candidatos sejam eliminados por falta de letramento digital, é o recrutador enviar um tutorial simples de como acessar a ferramenta, criar a conta e ligar a câmera, por exemplo. Precisamos lembrar que nem todos os cargos têm a tecnologia como essencial e que muitas pessoas não têm familiaridade com essas ferramentas mais novas. 

 

Clique aqui para aprender as diferenças entre a comunicação assíncrona e síncrona. 

 

2. Revise suas ferramentas e ambiente.

Os imprevistos não acontecem só com os candidatos, certo? Por isso, é muito importante que no dia da entrevista você teste seus equipamentos, internet, funcionamento do som e webcam, até mesmo para evitar que o candidato não te compreenda ou tenha que esperar muito para o início da conversa. 

Ainda sobre os preparativos, o cenário que aparecerá no vídeo é importante e deve passar o máximo de profissionalismo. Como não é tão normal ter um fundo de biblioteca em casa, aposte no fundo neutro, sem muita informação visual que já terá o efeito esperado.

 

3. Não deixe de lado os parâmetros para avaliar o comportamento do candidato.

Assim como em uma entrevista presencial, foque em avaliar o comportamento do candidato, observando qual seu comportamento, valores, entendendo se aquele profissional se enquadra na empresa, se existe fit cultural e conexão com o que é pedido pela companhia.

Pontualidade, vestimenta, cuidado na apresentação e ambiente do candidato devem ser avaliados nesse momento.

 

Descubra como contratar aprendizes para sua empresa!

 

4. Prepare um questionário-base.

É essencial ter um roteiro para entrevista, pois garante que você não vai esquecer de perguntar um tópico importante. Tente fazer perguntas que possibilitem desenvolver o assunto e questionar outros pontos ao longo do diálogo.

Essa dica ajuda o RH a manter uma avaliação e tempo padrão em todas as conversas, ajudando a ter mais assertividade na escolha e não usando muito tempo extra do time de recrutamento e seleção e do candidato.

 

5. Deixe o candidato à vontade.

Entrevista é naturalmente um frio na barriga, mesmo para os profissionais mais experientes. Esse é um momento de nervosismo e não é por estar em um ambiente mais confortável para o candidato que essa experiência se torna mais tranquila. Problemas como instabilidade de conexão ou ferramenta para entrevista remota geram ansiedade, então é importante que o profissional de RH deixe o candidato à vontade, a fim de tornar a conversa produtiva ao máximo. Quanto mais confortável o indivíduo se sentir, melhor vai explicar suas motivações e mostrar seu potencial para atuar na organização.

 

Importante: A chave para humanizar entrevistas online é a EMPATIA! Pense que, nesse período de isolamento social, mesmo o candidato mais preparado e motivado pode se deparar com inconvenientes como barulhos externos, aparições de familiares ou crianças pequenas e isso não deve ser motivo de visões negativas para o mesmo.

 

DICA BÔNUS: Software de Recrutamento e Seleção Online

 

Para chegar na fase de entrevistas online, uma outra fase tão importante quanto, já foi concluída, que é a triagem de candidatos e a escolha de quais são os escolhidos para essa conversa. 

Pensando em assertividade, economia de tempo e experiência, como dica final, queremos que conheça a Edujob! Uma plataforma de recrutamento e seleção online, que baseada em inteligência artificial e dados, entrega os perfis mais preparados e compatíveis a vaga proposta, de acordo com o resultado de testes comportamentais, localidade, escolaridade, entre outros critérios, para integrar, o jovem que tem potencial para reforçar o time de colaboradores, fazer a diferença e se desenvolver dentro da empresa, além de deixar seu recrutamento 6x mais rápido que uma seleção comum. 

 

Se deseja estar preparado e encontrar os talentos perfeitos, clique aqui e ganhe 3 vagas gratuitas. Experimente!

Read More