#EdujobEnsina

CORONAVÍRUS

Essa página foi criada para informar nossos jovens e todos os que buscam aprender sobre essa nova pandemia. Ao fim deste conteúdo, vamos disponibilizar todas as fontes utilizadas e verificadas, além de ensinar onde buscar por novas informações e como evitar cair em fake news. Pense que você pode ser o responsável por ajudar a sua família entender de forma correta o que é, como funciona e como se proteger dessa doença.

O que é Coronavírus?

Este nome foi escolhido pois os pesquisadores acham sua aparência semelhante a uma coroa.

Por mais que muita gente, nunca tenha ouvido falar em coronavírus, este não é um vírus novo, o primeiro relato é de 1960, desde então causando infecções respiratórias em animais e humanos, mas sendo confundido muitas vezes com uma gripe ou um resfriado leve.

Os especialistas comentam que muitas pessoas são infectadas com as variações mais comuns da família CoV, mas como dificilmente apresentam complicações maiores, passam despercebidas.

 

COVID-19

COVID significa COrona VIrus Disease (Doença do Coronavírus), enquanto “19” se refere ao seu ano de aparição.

Suas primeiras aparições foram em dezembro de 2019, na cidade de Wuham, China. No início, tratado como um tipo de pneumonia, como a semelhança entre os doentes foi alguma ligação com o mercado local de frutos do mar, a hipótese é que sua transmissão se iniciou por alguma espécie animal.

Não tão diferente dos outros coronavírus humanos comuns, mas mais letal, esta doença causa infecções respiratórias de curta duração. Afetando principalmente os idosos e pessoas com doenças pré-existentes.

Qual a gravidade?

Já são mais de 170 mil infectados e é estimado que 2% dos infectados não sobrevivam ao vírus, mas além das mortes, sequelas podem restar aos sobreviventes.

O vírus contamina rapidamente novas pessoas, cidades e países. A taxa de mortalidade para o grupo de risco é alarmante, agressiva e poucas vezes reversível. O vírus desencadeia dificuldades pulmonares, muitas vezes sendo necessário o uso de ajuda mecânica para respirar.

Além do perigo real de morte, temos o problema das superlotações dos hospitais e postos de saúde, pois não temos leitos e aparelhagens suficientes para receber o número esperado de infectados, principalmente pensando em que muitos hospitais já estão lotados de pacientes com outros quadros clínicos. 

Quais são os sintomas?

Muitas pessoas infectadas não desenvolvem os sintomas, mas isso não as impedem de espalhar o vírus, o que torna a privação social algo importante.

FEBRE ALTA

DIFICULDADE PARA RESPIRAR

DOR DE GARGANTA

TOSSE SECA

FADIGA

CONGESTÃO NASAL

DOR DE CABEÇA

DORES NAS ARTICULAÇÕES

DOR DE BARRIGA

Como posso me proteger?

Como posso me proteger?

Lave as mãos

Lavar as mãos com frequencia é uma nova regra da sociedade, pois suas mãos podem levar o vírus as áreas sensíveis do rosto.

Evite aglomerações

Como o contágio é muito alto, o indicado é evitar sair de casa (se não for uma extrema necessidade), assim além de proteger você e sua família, evita de espalhar o vírus, caso se contamine.

Evite tocar no rosto

Ta proibido tocar na boca, olhos e nariz enquanto estiver em locais ou após tocar em objetos que podem estar contaminados. Essa é a maior forma de contaminação da doença.

Limpe Objetos

As superfícies podem armazenar o vírus por muitas horas, por isso, higienize objetos como celular, chaves, corrimões e maçanetas.

Use máscara

Se precisar sair de casa, cubra o rosto com máscara. Isso evita que você contraia ou transmita o vírus pelas vias orais.

Evite contato com pessoas infectadas

Pode parecer besteira lembrar isso, mas evite contato com pessoas infectadas e pessoas com os sintomas.

Será que você lava sua mão da forma correta?

Uma das formas de se proteger contra essa pandemia é lavando as mãos da forma correta. Segundo os especialistas, a maior forma de contaminação é tocar em um objeto ou superfície infectados e logo após passar a mão no olho, boca ou nariz.

Como evitar Fake News?

Muitas informações incorretas são espalhadas e misturadas com as verdadeiras, dificultando a conscientização da população, que neste momento é muito importante.

Verifique em fontes confiáveis…

Nem toda informação que você recebe em grupos de whatsapp, por exemplo, vão estar incorretas, mas desconfie de tudo que não vem de um canal confiável e procure sua fonte. Neste momento, os canais oficiais do governo e os jornais mais tradicionais são as melhores opções.

Acredite em produtores mais experientes…

No youtube, busque por canais mais experientes ou com produtores que dominam o assunto, como cientistas, biomédicos, biólogos e etc… Indicamos os vídeos do Manual do Mundo, Canal Nostalgia, Atila Iamarino e Drauzio Varella.

Espalhe as notícias reais…

Enquanto órgãos públicos como o ministério da saúde, a OMS e o governo federal não se pronunciarem em canais oficiais, não acreditem em vacinas milagrosas ou tratamentos caseiros. Busquem por informações seguras e sejam a fonte confiável do convívio de vocês.

CANAIS OFICIAIS

Além dos perfis oficiais da OMS, Anvisa, Ministério da Saúde e Governo Federal, o estado criou um aplicativo exclusivo para a pandemia. Lá você encontra instruções e contatos oficiais caso precise de ajuda.

SE MANTENHA INFORMADO


Lembre que a informação, no momento certo, pode ajudar a salvar vidas.

MATERIAIS DE GRAÇA!

Aproveite conteúdos gratuitos, online.

Além dos vídeos em nossa plataforma, muitas empresas disponibilizaram conteúdos online e gratuitos para serem consumidos na quarentena. Você pode fazer um curso novo, baixar um livro e para distrair, assistir filmes online.

MATERIAIS DE GRAÇA!

Cursos de desenho e criatividade.

A Faber Castell liberou vários cursos interessantes sobre criatividade e desenho. Você pode aprimorar seus dons ou desenvolver habilidades novas, clicando no botão.

MATERIAIS DE GRAÇA!

Diversos cursos gratuitos.

Na Udemy, você encontra cursos de diversos temas, como programação, design, fotografia, finanças e etc… Alguns geram certificados e eles sempre liberam outros cursos grátis, alterando os assuntos.

MATERIAIS DE GRAÇA!

Hora de aprender aquela matéria de quem dificuldade.

O Khan Academy, tem a proposta de ensinar online, matérias comuns, mas de forma completamente inovadora. Sabe aquela conta chata de matemática que você nunca entendeu? Tenta aprender por lá!

Alguns dados importantes sobre:

Como a COVID-19 vem afetando o mundo…

Mais de 170 mil pessoas infectadas

De acordo com a OMS, mais de 170 mil pessoas já foram infectadas pelo mundo, em 166 países, mas esse número não para de subir.

Distanciamento social

Países como Itália, França e Brasil, estão adotando o Distanciamento social como método, fechando prefeituras, escolas e comércios para evitar a circulação de pessoas e a propagação do vírus.

A recomendação é não ir ao hospital

Isso mesmo, por não ter uma cura ou tratamento, não é recomendado que você vá ao hospital, exceto em casos muito graves de deficiência respiratória.

Higienenização das mãos e objetos

A higiene é o principal pilar da luta contra a propagação do vírus. Lave as mãos com frequência, limpe objetos que podem estar infectados e superfícies.

Sua atitute em evitar sair de casa, pode salvar vidas

Exceto em casos excepcionais, evite sair de casa ou ter contato com pessoas que estão em circulação em aglomerações, pois isso ajuda MUITO no controle da propagação do vírus.

É um momento triste, novo para todos, mas juntos e informados somos mais fortes

Use este tempo para estudar, ver um filme, aprender a tocar um instrumento novo e entenda que tudo é passageiro. Logo estaremos livres novamente para ir e vir, sem medo de ser infectados ou infectar alguém.

Coronavírus no Youtube

Por não existir (ainda) uma cura ou tratamento para a doença, a nossa única arma é a informação e as ações que teremos para tentar controlar o contágio.

Separamos alguns vídeos interessantes sobre o tema.

Coronavírus no Youtube

Coronavírus no Youtube

Coronavírus no Youtube

Coronavírus no Youtube

BLOG EDUJOB

Para disseminar o conhecimento, nas próximas semanas vamos produzir conteúdos sobre o vírus, impactos na busca por vagas, mercado de trabalho e trabalho remoto em nosso blog. 

ACERVO EDUJOB

Se você deseja se aprofundar mais no assunto, criamos essa seleção de materiais em vídeos e textos confiáveis sobre a pandemia. Vamos atualizar frequentemente com os conteúdos mais relevantes e seguros sobre o tema.

REDES SOCIAIS

Contamos com as redes sociais para diminuir o impacto das fake news. Para isso, vamos utilizar das redes sociais para desmentir algumas fake news e informar corretamente nossos jovens.